Prefeito eleito da Grande São Paulo toma posse após deixar prisão




O prefeito eleito de Osasco, Rogério Lins (PTN), tomou posse neste domingo, 1, em solenidade na Câmara Municipal. Ele foi solto na sexta-feira, 30, após ficar preso por cinco dias na Penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo.
Lins estava preso desde o domingo de Natal, por suspeita de envolvimento em um esquema milionário de corrupção descoberto pela Operação Caça-Fantasmas na Câmara de Osasco – 14 vereadores, entre eles o próprio Lins, são acusados de captação de dinheiro de parte do salário de assessores dos vereadores.

A ordem de prisão contra o prefeito eleito foi expedida no dia 6 de dezembro, mas Lins só se entregou no dia 25, após retornar de uma viagem a Miami, nos Estados Unidos.
O prefeito eleito foi solto por ordem do desembargador Fábio Gouvêa, para quem ‘não há necessidade da manutenção da prisão preventiva’ do político. A defesa dele nega que Lins tenha contratado servidores ilegalmente e afirma que a inocência do prefeito será comprovada na Justiça.

Prefeito eleito da Grande São Paulo toma posse após deixar prisão Prefeito eleito da Grande São Paulo toma posse após deixar prisão Reviewed by Politica e Democracia on 17:39:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.